O que é Lurex: conheça o tecido que voltou para brilhar
>
>
O que é Lurex: conheça o tecido que voltou para brilhar

O que é Lurex: conheça o tecido que voltou para brilhar

Muito comum e utilizado durante os anos 80, o tecido lurex, visto em polainas, bodies e até em peças casuais como calças e blusas de diversos estilos, é o “tecido brilhoso” mais conhecido do mundo.

Naquela época, o brilho era uma característica essencial para o vestuário – tanto que as peças em lurex marcaram essa geração –. A boa notícia é que este tecido voltou a fazer novas aparições nas passarelas nos últimos eventos, retornando para os guarda-roupas em versões que vão do look dia ao look noite.

Quer saber mais sobre a história do lurex, sua composição e diferenças para outros tecidos? Fique por aqui e boa leitura!

O que é tecido Lurex?

O lurex é uma malha com ótima elasticidade e flexibilidade, feita a partir de fios metálicos, como os de alumínio, envolvidos e selados em poliéster ou poliamida. O nome popularmente usado para este tecido é, na verdade, a marca registrada Lurex® para um tipo de fio metalizado, criado em 1946.

Muito antes da invenção do lurex, já se misturava materiais metálicos para dar brilho e elegância aos tecidos. Há registros, da Idade Média, do uso de ouro cortado em tiras muito pequenas, moldado e enrolado em seda ou algodão.

O lurex que conhecemos evoluiu desde sua criação, ficando ainda mais bonito, confortável e tecnológico. Por ter um brilho sofisticado, é muito usado em trajes de festa, mas também é visto em roupas casuais, sempre com um toque de elegância.

Como surgiu o tecido lurex?

Como dito, a ideia de trazer brilho e outros tipos de adereços para tecidos convencionais é uma prática antiga – desde os primórdios da civilização e da confecção de peças de roupas pelos primeiros grupos humanos.

No caso do lurex, a invenção surgiu da ideia de trazer uma espécie de brilho metalizado a um fio de tecido (algodão, lã e, mais recentemente, poliéster e poliamida). Em 1496, a empresa que deu nome ao tecido, a Lurex, pressionou um fio metálico entre dois tecidos plásticos.

O resultado é um primeiro fio metalizado que, ao longo do tempo, foi sendo aprimorado até que, na década de 70, o lurex como o conhecemos hoje foi consolidado e tornou-se tendência durante toda a década de 80.

Hoje o desenvolvimento das tecnologias têxteis permitiram a criação do lurex a partir de diferentes matérias-primas – tudo isso para a construção de um tecido final mais tecnológico, inteligente, confortável e fashion.

Qual é a composição do lurex?

Em seu início, o lurex era composto de um fio muito fino de alumínio pressionado entre duas superfícies plásticas. Ao longo de seu desenvolvimento, as formas de se produzir lurex se alteraram e, hoje, a forma mais comum de lurex é feita com lã e metal vaporizado.

Há, ainda, as malhas que utilizam o tecido lurex como elemento metálico em sua composição. Nesses casos, elas são feitas de poliéster, poliamida ou outra fibra sintética juntamente com os fios metálicos característico do lurex.

Brilho na medida certa – lurex ou lamê

O tecido lurex, assim como seu primo lamê, é um dos tecidos mais usados nas tendências recentes, que trouxeram o brilho para o uso no dia a dia. Desde que voltou ao closet, está presente nas roupas para todas as ocasiões.

Aliás, apesar de haver semelhanças entre o lamê (outro tipo de tecido) e o lurex, ambos apresentam algumas diferenças:

  • O lamê é formado por uma lâmina brilhosa por cima de uma base de tecido, diferentemente do lurex, que possui fios metálicos entrelaçados nas fibras, conferindo o aspecto brilhoso;
  • O caimento do lamê é mais fluido, se comparado ao lurex;
  • O lamê possui um “brilho laminado”, enquanto o lurex possui um “brilho luminescente”.

É muito importante que, independentemente do tecido utilizado, a confecção de peças nesses tecidos necessita, geralmente, da aplicação de um forro em viscose, uma vez que tendem a ser desconfortáveis em contato direto com a pele.

Tecido Lurex
Tecido Lamê

Chique, mas versátil

O lurex é uma daquelas apostas para quando se quer usar algo mais chique e sofisticado, sem abusar dos detalhes ou correr o risco de errar a mão e desequilibrar o look.

Disponível em diversas cores e efeitos, o lurex pode ser combinado com peças como o jeans, ou mesmo ser usado em peças únicas, como vestidos e macacões. Dependendo da escolha de cores do tecido, pode ir da discrição à extravagância, tudo ao gosto de quem o veste.

Além disso, é versátil em sua aplicação: é possível encontrar combinação de lurex com tricô, por exemplo, para peças mais pesadas e invernais. Por ser super maleável, é moldável ao corpo e possui leve transparência.

There are no comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart

Nenhum produto no carrinho.